Fã Clube Oficial Hernanes e Jean

Fã Clube Oficial Hernanes e Jean

terça-feira, 30 de março de 2010

Jean completa 100 jogos pelo SPFC


Na partida contra o Monterrey, nesta quarta-feira, o volante Jean completa 100 jogos pelo São Paulo. Ele é o nono jogador do elenco a ultrapassar a marca centenária com a camisa do clube. Rogério Ceni, Miranda, Jorge Wagner, Hernanes, Marcelinho, Richarlyson, Cicinho e Dagoberto já sentiram essa sensação.
No Tricolor desde 2002, Jean sabe que não é fácil atingir esse número num clube com a grandeza do São Paulo e por isso faz questão de valorizar tal feito. "Atuar num gigante como o São Paulo e chegar aos 100 jogos não é para qualquer um. É uma honra poder alcançar esta marca", destaca o meio-campista.
Após sua estreia em 2005, Jean não teve uma sequência e acabou emprestado para outras equipes como o Marília e o Penafiel (POR), antes de regressar ao São Paulo. Não fosse por isso seu número de jogos seria bem maior, mas nada que tire do volante essa alegria.
"Acabei não tendo oportunidades, mas não tenho o que lamentar. Tive boas experiências fora do clube, pude amadurecer, crescer dentro e fora de campo até ganhar uma nova chance e me firmar no profissional", explica.
Campeão brasileiro de 2008 e candidato a revelação da competição daquele ano, Jean espera por novas conquistas com o clube. "Espero ganhar muitos títulos pelo São Paulo. Minha carreira ainda está começando e tenho certeza de que posso escrever outros capítulos na história do clube", confia.
Seja atuando como volante, como ala, como lateral ou em outra posição qualquer, Jean costuma se dar bem com a camisa do clube. Sua versatilidade com certeza ajudou muito no desempenho são-paulino. Nos 99 disputados até aqui conquistou 56 vitórias e 20 empates, sofrendo 23 derrotas, aproveitamento de 63% dos pontos.
"Espero que esses números possam melhorar ainda mais e que eu consiga muitas vitórias com a camisa do clube", espera o versátil jogador, que já fez cinco gols pelo São Paulo.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Hernanes já pensa no clássico de domingo


Com a cabeça no clássico de domingo contra o Corinthians, o São Paulo entrará em campo nesta quarta-feira contra o Bragantino com um elenco misto. O técnico Ricardo Gomes não fez muito mistério sobre os relacionados para encarar a equipe de Bragança Paulista, e já adiantou que Alex Silva e Washington serão poupados, enquanto Cicinho e Fernandinho ainda buscam recuperar a forma física ideal.

Apesar dos desfalques – já que, ainda por cima, Cléber Santana está suspenso e Richarlyson, machucado, também não joga –, o meia Hernanes declarou que o rodízio compromete a continuidade dos jogadores, mas é imprescindível para descansar os atletas.

- Quanto mais o time jogar junto, mais entrosamento tem. Dá para ter bom senso suficiente para ir poupando quem estiver cansado. Melhor deixar fora do que insistir e de repente machucar. A gente perde no entrosamento, mas ganha jogador inteiro para o próximo jogo. As duas coisas são importantes – revelou o meia.

Sem conseguir evitar as comparações com o time do Santos, os são-paulinos admitem que não estão apresentando o futebol “espetáculo”, mas que o trabalho visando a melhora continua.

- A gente está tentando tocar a bola, pôr no chão, fazer tabelas, ultrapassagens. É só dar tempo que vamos chegar lá – concluiu Hernanes.

No Paulistão, o São Paulo é o terceiro colocado, com 30 pontos, cinco a mais que o Corinthians, em quarto.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Titulares SIM!!


Hernanes e Jean estão liderando o ranking dos jogadores que mais jogaram pelo São Paulo com Ricardo Gomes como técnico. Hernanes já fez 44 jogos pelo Tricolor e Jean já fez 42.

Se depender o técnico, eles continuarão atuando frequentemente pela equipe.

Após a vitória do São Paulo por 3 a 0 sobre o Nacional, no Morumbi, pela Libertadores, o treinador explicou que deixou Cicinho no banco porque o lateral não estava com a condição física ideal e Jean, que está "comendo a bola" nas palavras do comandante, ficou com a vaga na posição.

Contra o Mogim Mirim, Hernanes acabou com o jejum de 13 jogos sem marcar gols. Ele fez o terceiro gol da vitória da equipe Tricolor no Morumbi. O último gol de Hernanes tinha sido contra o São Caetano, quando o São Paulo bateu o Azulão também por 3x0. Apesar de poucos gols no Paulistão, Hernanes sempre está sendo decisivo nos jogos em que joga.
Se continuar assim, Hernanes e Jean trarão muito mais alegrias à torcida são paulina.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Garçon Hernanes diz que tricolor ganhou sem deixar dúvidas


A vitória diante do Nacional-PAR por 3 a 0, na última quinta-feira à noite, deixou todos dentro do São Paulo confiantes. Jogadores, técnico, torcida, presidente... E o volante Hernanes não foi diferente. Autor do passe que abriu o triunfo são-paulino, o camisa 10 ressaltou que o Tricolor venceu com autoridade os paraguaios.

"Sempre é bom ganhar com a torcida apoiando, incentivando. Vencemos e fizemos um bom jogo, faltava isso também. E conseguimos fazer isso. Vencer sem deixar dúvidas", disse Hernanes.

Com os três pontos, o São Paulo chegou aos nove e é o novo líder do grupo 2 da Copa Libertadores. O segundo colocado é o Once Caldas-COL, com oito pontos. A equipe tricolor ainda enfrentará o Monterrey-MEX, fora, e Once Caldas, em casa, nesta fase de grupos.

O técnico Ricardo Gomes admite que a equipe fez outros jogos bons em 2010, mas diante do Nacional-PAR, a equipe convenceu a todos. Agora, a meta é continuar demonstrando este bom futebol na reta final do Campeonato Paulista e da Libertadores.

"Tivemos outros bons jogos. Quando não vai, aqui tem a cobrança, pois o elenco é qualificado. Não reclamo. Só puxa para cima. Contra o Nacional convenceu", completou Gomes.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Sonho realizado


Assim que soube da chegada do São Paulo a Assunção, na última quarta-feira, Carlos Brecher pegou a camisa tricolor e correu para o hotel da delegação. O torcedor, que mora no Paraguai há 12 anos, encontrou o dono da camisa 10 que carregava: Hernanes. E estará no Defensores del Chaco nesta quinta, às 19h, para o jogo contra o Nacional, pela Libertadores.

Jean busca vaga como titular no time


Com a chegada do lateral-direito Cicinho, o polivalente Jean ganhou novamente a chance de brigar por uma vaga de titular em sua posição de origem. O camisa 2 tinha sido efetivado em uma nova função na equipe e estava cada vez mais adaptado.

"Sempre procurei fazer o meu melhor e pensar jogo a jogo para me adaptar da melhor maneira possível. Quando era escalado na lateral pensava como lateral e quando entrava no meio pensava como volante", explica o jogador.

Quem pensa que a chegada do novo reforço trouxe preocupação para Jean está muito enganado. Assim como todo o restante do grupo, Jean comemorou muito a contratação do campeão mundial.

"Não só eu fico feliz, mas com certeza todos comemoraram a chegada do Cicinho. É um grande jogador, entende muito da posição e será muito importante para nossa equipe", afirma.

O atual dono da camisa 2 diz que não se preocupa em perder um lugar no time. Segundo Jean, independentemente da posição, o importante é jogar.

"Não estou preocupado com essa situação (posicionamento em campo). O importante é me manter no time e por isso vou trabalhar muito duro", afirma Jean, que promete muita dedicação para alcançar seu objetivo.

"Tenho de matar um leão. Seja treino, amistoso ou jogo. Procuro estar sempre provando que posso jogar o próximo jogo", completa.

Hernanes promete um 2010 surpreendente


Nos últimos tempos, o volante Hernanes tem convivido com críticas e elogios. Depois de oito partidas na atual temporada, o camisa 10 evoluiu muito, mas acredita que seu desempenho crescerá mais ainda.

Em 2010, Hernanes já marcou dois gols - contra Rio Claro e São Caetano. Desde sua estreia no clube, 2004, o são-paulino vem evoluindo ano após ano. Sua melhor temporada, em números, foi no ano passado.

Em seu primeiro ano com a camisa 10, após ser presenteado pela diretoria, Hernanes entrou em campo 58 vezes, marcando 10 gols e dando 16 assistências. É o recorde do atleta até agora com a camisa do Tricolor Paulista.

"Este ano eu falei que ia surpreender. Estou me sentindo bem e confiante. Mas ainda vou surpreender mais. Está apenas no começo. A equipe está se achando", explicou o jogador.
As boas atuações dele culminou com a nova formação que o técnico Ricardo Gomes colocou em campo no Novelli Júnior. Além de Hernanes, Jean, Léo Lima e Cleber Santana completaram o setor. Com isso, o camisa 10 ficou livre para criar as jogadas.

"No 4-4-2, eu prefiro atuar como joguei contra o Ituano, um pouco mais na frente. Tenho espaço para pegar a bola e ir para o ataque", ressaltou o são-paulino.